segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Você é.....


Você é.....

Se eu olho o céu, só penso em você... 
Quando escuto o mar, é sua voz a sorrir... 
A verdade que existe, mora em seus olhos 
E a beleza da vida, no seu existir... 

Se minha vida escurece, 
Você é o luar... 
Se me levam de ti 
Posso enfim te encontrar... 

A mentira real me fez enxergar 
Você é tudo, em todo lugar. 
Na mente dos bons, eu parti de você 
Mas, distante de ti quem pode viver...? 

Por: Fulvio Ribeiro

sábado, 8 de julho de 2017

Intensidade

*****

Intensidade
Hoje revendo rabiscos antigos, te achei neles,
vi então que tudo que vivemos foi muito intenso
Lembra-se quando nós juntávamos letras,
bordávamos palavras e tecíamos sentimentos,
em folhas brancas de um papel qualquer?!
Tantas coisas de nós dois estão aqui nos escritos.
Foi você fada artesã no tecer amor em palavras,
que abriu-me caminhos, ensinou-me a caminhar 
brigando com minha timidez quase infantil,
 desemperrou as janelas do meu olhar.
Sempre dizia-me, vá você pode, mostre teus
escritos não os deixe só para você, te ouvi.
E hoje eu já sei caminhar sozinho,
rabiscar os meus sonhos e coloca-los em papeis.
Mesmo quando eu fico triste com a sua ausência 
debruço sobre a saudade que sinto de nós,
revivo momentos que o tempo levou mas não
apagou.
Eu esqueço o tempo, tranco minha dor lá fora
invento um sorriso, abro os meus segredos
e escrevo sobre as poesias de nós dois.
Desenho versos, rabiscos poemas e eternizo o
amor.
___Joe Luigi

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Anjo meu_

Como se você entrasse pelas frestas da janela
beija-me terna e sutilmente com beijos quentes
o meu corpo ainda meio entorpecido pelo sono.
Dando-me uma sensação de aconchego
em seu colo.
Penso estar sonhando e não quero acordar...
Preguiçoso não abro os meus olhos, viro para
o canto abraçado ao travesseiro querendo
sonhar só mais um pouquinho.
Pelo perfume suave no ar, percebo não ser
sonho e sim o meu amor.
Estendo os meus braços tentando alcançar
as suas mãos, que como um anjo me olha
dormir.
Sorrio ao vê-la encostada na cama me
olhando enquanto durmo.
Olho em seus olhos e você me diz:
Bom dia meu amor e repondo-lhe
bom dia meu anjo, sabia que eu te amo?!
Eu te amo mais que muito, te amo tudo que
alguém consegue amar.
E trago-a até mim e colocando-a dentro do meu
abraço, aperto-a em meus braços e nos beijamos.
Quando eu a abraço assim, tenho a sensação de
poder entrar dentro do seu coração.
Eu sei que nosso amor transpassa as barreiras
quase intransponíveis do amar, é amor de almas.
Não sei se saberei explicar...
Quando estamos juntinhos, queremos ficar mais
e mais.
É tanto amar, que por vezes tendo-a em meus braços,
eu tenho um medo louco de perde -la 
E sinto vontade de chorar.
______Joe Luigi
Direitos Reservados

quarta-feira, 15 de março de 2017

AMOR EM FRAÇÃO...



AMOR EM FRAÇÃO...

Me perdi nesse amor desmedido,
Que preenche todo o meu ser,
Chego a pensar – que amor sem sentido,
Que faz de mim, um ter por não ter.

De quando em quando me sinto feliz,
Dos restos de amor a mim dedicado,
São momentos; segundos - em vão,
É esse amor que recebo – fatiado.

Queria essas partes unir,
E de fatias em fatias – um inteiro,
Só assim eu teria o amor,
O amor total e verdadeiro.

[Autor: Alvimar – O Poeta Mineiro...]

sábado, 11 de março de 2017

TE BEIJO A ALMA *****



TE BEIJO A ALMA

A tua distancia é tão perto de mim...
Habitas em minha alma e na minha essência...
E eu sou a tua sombra cativa...

Sabes, compartilhas comigo a minha solidão.
Na orvalhada cristalina das manhãs
Envolvo teu amor e contigo invento maravilhas...
Percorro teu corpo e por ti me encanto...
...e posso amar-te sempre loucamente...
Apenas no meu pensamento!

E me visto de paixão... De desejo e de ternura...Te beijo a alma..
A noite mansa deixa comigo o perfume de todas as saudades...
E acordo de manhã devagar... Ainda sentindo o aroma
De nossa loucura!

[Celina Vasques ]

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Essências…



Essências…

Há palavras
que não se ouvem, 
apenas se pressentem, 
apesar de parecerem 
quase adormecidas, 
elas permanecem 
palpitantes, 
de amor e de vida
Há gestos 
que não se ensaiam
eles fluem tão naturais,
que a pele acolhe-os, 
sedenta e plena 
de todos os seus afetos
com murmúrios 
de desejos, 
sentidos e vividos
Há ausências, 
que não se sentem…
Porque existem seres, 
que souberam ser 
tão especiais… que 
o seu perfume e essência 
perdura em nós,
intenso e duradouro
Estão presentes 
apesar de ausentes.
São almas sentidas
de verdades vividas 
A aura da sua presença 
Permanece
E essas… 
Jamais se esquecem
porque souberam ser 
Especiais…
Essenciais


Catarina Pinto Bastos

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Em todas as paredes brancas




Em todas as paredes brancas
em todos os céus sobrevoados
por aves sem nome
Em todos os mares navegados
por outros mares e outras rotas
de que não lembra a história
Em todos hei-de escrever o teu nome
em todos hei-de gritá-lo bem alto
ainda que seja escuro
e o dia não tenha nascido
Em todos os beijos por mim dados
em lábios apaixonados
iluminando ruas e vielas
em todas as estrelas
hei-de escrever o teu nome
e em todos os lugares
cantos, céus e mares
hei-de dizer bem alto que te amo
até que o sol nasça e volte a dormir
até ser de novo dia

*são reis *
(8jan17)